Indústria 4.0 pode gerar proximidade entre empresa e consumidor

Publicado em 26/03/2019 09:01  | Tecnologia

    A Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial, é um conjunto de novas tecnologias que vai muito além das fábricas. O modo de produção conectado, o uso da inteligência artificial e da tecnologia avançada da análise de dados, tem potencial para mudar não só a forma com que as produções ocorrem dentro das empresas, mas também a relação que essas organizações estabelecem com os seus consumidores.

    Ao contrário do que muitas pessoas pensam, essa nova tecnologia não está ligada apenas ao número de robôs atuantes dentro das fábricas. As empresas precisarão passar por um processo de reformulação, se adequando às novas exigências do mercado. O Presidente e CEO da Siemens no Brasil, André Clark, diz que a Indústria 4.0 já é uma realidade no Brasil e mesmo que algumas empresas ainda enfrentem problemas de gestão, ele acredita que em uma década, 80% da indústria brasileira já estará preparada para essa nova tecnologia.

    “Quando nos deparamos com uma ferramenta com ampla possibilidade de compartilhamento de dados, passamos a segmentar o nosso conteúdo, ou seja, se uma empresa for capaz de identificar a preferência e frequência com que o consumidor compra determinado produto, ela não precisará se preocupar em formar tanto estoque, uma vez que ela já sabe o que o cliente está buscando”.

    O Brasil levou mais tempo com relação a outros países, como o EUA, para começar a movimentar essa nova tecnologia. Segundo os estudos realizados pelo sócio-líder da empresa Deloitte, Ronaldo Fragoso, sobre os impactos da Indústria 4.0 em 19 países e com 1,6 mil empresas, no Brasil existem 100 empresas que já utilizam esse novo modelo de gestão, um índice superior a tabela global.


Fonte: Automotive Business