Marketing de posicionamento: dinamismo de mercado

Publicado em 03/07/2018 17:35  | Sindicato

Hoje, o mercado vem crescendo aceleradamente com a globalização e trazendo sempre novas oportunidades, mas em contrapartida, também traz ameaças. As empresas precisam estar atentas a todo momento para atender a um novo público que quer muito, e em um curto intervalo de tempo. 

Esse novo cenário acaba trazendo situações de conflitos e desconfortos para dentro do ambiente empresarial, e eventualidades como essas podem resultar em riscos para a imagem do seu negócio.

Segundo o especialista em marketing, McKenna (2000; p.48), “para sobreviver em mercados dinâmicos, as empresas precisam estabelecer estratégias que sobrevivam às mudanças turbulentas no mercado. Têm de construir alicerces fortes que não sejam derrubados pelas tempestades”, ou seja, para que as empresas se adequem ao novo perfil de público é necessário que elas utilizem as ferramentas de comunicação de marketing, como sua principal aliada para traçar estratégias que podem ser o seu diferencial no meio empresarial.

O Marketing de Posicionamento é uma ferramenta muito poderosa do meio comunicacional, por meio dele, cada organização pode traçar diferentes planos para a divulgação de seus produtos ou serviços. 

Segundo o especialista em estratégias de marketing, Philip Kotler, essa ação está ligada na projeção da imagem da empresa para que ela tenha um diferencial na hora de escolher o seu público-alvo. Portanto, ele é chave para entendermos o “porquê” do consumidor escolher uma marca e não a outra.


Posicionamento é a promessa na mente do consumidor

Para entender melhor sobre esse nicho, separamos um exemplo clássico do nosso cotidiano:

Cena clássica: você vai a um restaurante e pede uma Coca Cola. O garçom, um pouco sem graça, pergunta: só tem Pepsi, pode ser?

A Pepsi, consciente de que esse é o comportamento normal do brasileiro em relação à sua marca, optou por uma mudança em seu posicionamento. Ao invés de insistir em derrubar a Coca Cola do primeiro lugar, afirmando ser melhor, convidou os consumidores a experimentarem seu refrigerante quando não tiveram Coca Cola à sua disposição.

Ao invés de tentar ocupar o lugar na rotina dos consumidores, a Pepsi se posicionou como sendo a melhor segunda opção do mercado. E com esse posicionamento bem definido, trabalha com preços mais baratos e muitas promoções, aumentando assim sua participação no mercado.

Ao aproveitar-se de uma imagem já estabelecida na mente do consumidor, a marca de refrigerantes conseguiu aumentar suas vendas. E certamente têm sido mais lembrada por seu público alvo.

Mas o que esse posicionamento da Pepsi tem a ver com o mercado? Tudo! Um bom posicionamento é essencial para identificar o potencial de vantagens competitivas. Assim como a Pepsi, o empresário deve usar e “abusar” da comunicação para fazer com que o seu cliente acredite que o seu produto é realmente o melhor.

Fonte: Administradores.com/ Escola de Marketing