Sindicomércio expressa apoio aos lojistas durante crise de abastecimento

Publicado em 01/06/2018 15:46  | Sindicato

Devido à greve dos caminhoneiros e as consequências que ela vem causando, o Sindicomércio-JF declara seu apoio aos lojistas da cidade. Para amenizar os impactos dessa crise, o sindicato vem tomando algumas medidas para proteger os interesses da classe.

Por exemplo, as operações em shopping centers e comércio de rua estão sendo fortemente afetados - seja pelo impedimento do livre trânsito de mercadorias, ou de pessoas, seja pela falta de combustível nas cidades, ou pela redução de transporte público -, está ocorrendo uma grande redução no fluxo de clientes, bem como de mercadorias, sem reposição. 

Os bloqueios causaram grandes prejuízos em todo o país: a Bolsa caiu mais de 3%; as ações da Petrobras estão despencando; até o momento o prejuízo na produção é de R$ 10,2 bilhões, na construção civil estima-se R$ 2,4 bilhões; indústria têxtil estima-se R$ 90 milhões por dia; o setor farmacêutico deixou de faturar R$ 1 bilhão; a Abralog prevê prejuízo de R$ 25 bilhões, entre outros.

Além da baixa na circulação de clientes, certamente haverá um aumento dos custos das mercadorias e transporte. A queda no faturamento e o alto custo dos alugueis vão dificultar, ainda mais, a sobrevivência do setor. 

Em razão disso, o Sindicomércio está sugerindo aos empreendedores de shoppings e senhorios das lojas de rua, que flexibilizem a negociação em caso, por exemplo, de atraso do aluguel dos lojistas.